Movimento Água no Feijão cresce, amadurece e planeja nova fase em Heliópolis e outras frentes

Primeira fase do projeto distribuiu, durante o mês de maio, 6 mil marmitas à comunidade de Heliópolis. Segunda fase do projeto, já em andamento, tem como meta para os meses de junho e julho a distribuição de 12.000 marmitas e capacitação de cozinheiras locais na mesma comunidade da zona sul.

Uma das faces mais cruéis da crise provocada pela pandemia é a da FOME, e um grupo de voluntários se dispôs a colocar um pouco mais de água no feijão, para dividir e garantir que mais pessoas se alimentem nesses tempos difíceis.

Com essa ideia em mente, a chef Telma Shiraishi do restaurante Aizomê, e cerca de 50 voluntários representando entidades de São Paulo como JCI Brasil-Japão, Abeuni, Comissão de Jovens do Bunkyo, Aliança Cultural Brasil-Japão, Abjica, KIF Brazil, Asebex e Japan House São Paulo uniram-se para viabilizar a produção e entrega de marmitas solidárias, mantendo também o pagamento de cozinheiros, ajudantes, transportadores e pequenos fornecedores que fazem parte de toda uma cadeia em dificuldades.

Desde o dia 08 de maio, a comunidade de Heliópolis (zona sul da capital) está recebendo 200 marmitas diárias, com apoio da escola de samba Imperador do Ipiranga,  que atua como ponto de distribuição, organização e mapeamento das pessoas e famílias em situação crítica. A primeira fase do projeto garante a distribuição de 6000 refeições.

A Japan House São Paulo também se aliou ao movimento cedendo gratuitamente a utilização das instalações do restaurante Aizomê dentro do centro cultural para a produção das refeições, incluindo a cobertura das despesas com água, luz e gás. 

Conquistando o apoio valioso de vários chefs, fornecedores e benfeitores, além de ter o destaque em veículos de imprensa como Jornal Nippak, Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, Valor Econômico e TV Globo, ganhando espaço em reportagens veiculadas no Japão, como Asahi TV e Mainichi Shimbun entre outros, o Movimento Água no Feijão está sensibilizando o público para a causa e recebeu apoio de crianças, jovens e adultos de diversas regiões do Brasil e do mundo, inspirando muitas pessoas para a solidariedade.

“Atingimos rapidamente a meta inicial e essa primeira fase do projeto foi fantástica, um grande aprendizado para todos. A nossa equipe é ótima, engajada e totalmente comprometida. Fomos até o coração da comunidade, estamos criando pontes e não vamos deixar as pessoas na mão. O nosso trabalho não terminou; ele continua enquanto tivermos fôlego e gente precisando de comida”, adianta a chef Telma Shiraishi.

SEGUNDA FASE DO MOVIMENTO

Agora que a primeira fase está finalizada, reunimos os ensinamentos para definir o foco da segunda fase da campanha: além de continuar a fornecer as refeições diárias por mais dois meses, o movimento vai trabalhar na capacitação de membros da comunidade de Heliópolis para criar uma equipe local de cozinheiras e time de apoio.

 

O grupo está desenvolvendo manuais de boas práticas, de segurança alimentar e saúde, desenvolvimento dos processos e suporte para apoiar a comunidade e garantir a sustentabilidade prolongada e autossuficiência local. Além de fornecer o peixe, acreditamos que ensinar a pescar e a preparar o peixe sejam fundamentais para fortalecer a comunidade e empoderar as pessoas.

 

A meta de arrecadação para a segunda fase será a distribuição de 12.000 marmitas em Heliópolis nos meses de junho e julho. Também será apoiada a campanha “Corrente Solidária” da Abeuni (Aliança Beneficente Universitária), que arrecadará alimentos e itens de primeira necessidade para a comunidade ao redor do CEU Caminho do Mar. Alimentos doados também serão destinados aos moradores de rua, uma população vulnerável que cresce em número e em desespero à medida que a crise se aprofunda.

 

 

FAÇA PARTE DESSA AÇÃO E DOE MARMITAS!

 

Qualquer ajuda é bem-vinda para prosseguirmos com esse trabalho. 

A meta de arrecadação é baseada no custo total de cada marmita, estimado em R$ 8,00 (oito reais) por unidade, levando em conta o pagamento de serviços, embalagens e insumos.


As doações podem ser feitas pelo site www.aguanofeijao.org.br, através do PayPal, boleto bancário ou depósito bancário. Para doação de insumos, embalagens ou outros materiais, entre em contato conosco pelo email contato@aguanofeijao.org.br.

 

 

Seja também um patrocinador ou benfeitor!
Esse trabalho só é possível em parceria com as entidades, o setor privado e com o engajamento dos cidadãos. Ao fazer uma doação ou firmar uma parceria com o Movimento Água no Feijão, você dá o seu apoio para combater a fome no Brasil. Colabore entrando em contato pelo email contato@aguanofeijao.org.br.

 


Investimento institucional:

 

Com o investimento direto, sua marca garante a visibilidade e o reconhecimento nas ações do Movimento Água no Feijão. Receba nosso material entrando em contato pelo email contato@aguanofeijao.org.br.

 

 

Metas

 

A meta de arrecadação é baseada no custo total de cada marmita, estimado em R$ 8,00 (1 un), levando em conta o pagamento de serviços, embalagens e insumos. 

A META é oferecer a alimentação de maneira sustentável durante todo o período, não havendo intervalos.

 

-> E se por algum motivo o projeto não utilizar todas as doações, não atingir a meta, ou for interrompido por força maior?

Doações não utilizadas serão repassadas a outros projetos beneficentes de confiança, com total transparência.

 

-> Quero ajudar mais!

Conheça outros projetos e instituições beneficentes que estão precisando de ajuda! 

Estas são algumas das instituições com fortes laços com a comunidade.

Muitos possuem assistidos que necessitam de cuidados especiais, e estão precisando de EPIs e itens de higiene, ou outros materiais. Conheça o seu trabalho e as formas de ajudá-los:

www.ikoinosono.org.br

www.kibonoie.org.br

www.kodomonosono.org.br

www.enkyo.org.br 

 


Quem somos?

Somos um grupo formado espontaneamente entre as principais entidades da comunidade nipo-brasileira em São Paulo.

 

Telma Shiraishi - Chef do restaurante Aizomê. Embaixadora para Difusão da Culinária Japonesa. Solidariedade e cozinha: nesses tempos difíceis a desigualdade social e o desamparo despertaram a urgência por ação e providência. Assim nasceu o projeto Água no Feijão, idealizado pela chef para levar alimento e cuidado aos desprovidos. Sua esperança é que essa receita de solidariedade possa ser replicada e amplificada para nutrir a vida e a esperança por tempos melhores para todos.

JCI Brasil-Japão - a Junior Chamber International - Uma organização sem fins lucrativos que proporciona oportunidades de desenvolvimento que preparem as pessoas jovens a criar mudanças positivas na sua comunidade.

https://jcibrasiljapao.org.br/ 

 

Abeuni (Aliança Beneficente Universitária de São Paulo) -  Entidade filantrópica, sem fins lucrativos, composta por universitários e formados em diferentes áreas. É formada por jovens voluntários que desenvolvem não só o trabalho social assistencial, mas também o desenvolvimento pessoal. 

http://abeuni.org.br/novosite/ 

 

Comissão de Jovens do Bunkyo - Criada em 1997, a Comissão de Jovens têm como missão a divulgação e preservação da cultura japonesa, o assistencialismo social e o desenvolvimento de liderança jovem. Somos um time composto por jovens líderes, atuando em diversas frentes da comunidade japonesa no Brasil, através de trabalhos e ações voluntárias, buscando impactar positivamente a sociedade brasileira. A comissão de jovens voluntários da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, apoia as atividades do Bunkyo, divulgando a cultura japonesa no Brasil.

http://www.bunkyo.org.br

Aliança Cultural Brasil-Japão - A Aliança Cultural Brasil-Japão é uma associação sem fins lucrativos que tem por finalidade o desenvolvimento do intercâmbio cultural entre o Brasil e o Japão, por meio do ensino da língua e artes japonesas e realização de eventos para difusão da cultura japonesa. https://site.aliancacultural.org.br/ 

 

Asebex (Associação Brasileira de Ex-Bolsistas no Japão) - é uma entidade sem fins lucrativos que congrega ex-bolsistas que estudaram ou estagiaram em universidades, centros de pesquisa e empresas no Japão. Temos como missão fortalecer o intercâmbio Brasil-Japão por meio de ações que promovam a troca de experiências entre ex-bolsistas e interessados, bem como o desenvolvimento de pessoas que contribuam para a sociedade. A Asebex surgiu a partir da fusão de duas outras entidades de ex-bolsistas e ex-estagiários (Aseb e Abex), tendo um histórico de mais de 50 anos.

https://asebex.org.br/a_asebex/ 

 

ABJICA (Associação Brasileira de Ex-Bolsistas JICA) - entidade que reúne os ex-bolsistas que estudaram ou estagiaram no Japão através da JICA - Agência Internacional de Cooperação do Japão.

http://www.abjica.org.br/ 

 

KIF (Koyamada International Foundation) - é uma organização global que promove ações humanitárias, campanhas de arrecadação e o empoderamento de jovens para que atinjam seus sonhos!

http://koyamada.org/ 

 

Japan House São Paulo - A Japan House São Paulo é uma instituição dedicada a mostrar o melhor do Japão do século 21. Inaugurada em maio de 2017, foi a primeira a abrir as portas no mundo, seguida por Los Angeles (inauguração total em agosto/2018) e Londres (inaugurada em junho/2018). Desde sua abertura, o público brasileiro vem sendo convidado a ter uma experiência única dos modos de viver do Japão contemporâneo. A JHSP promove, em seus três andares, exposições, seminários, workshops e atividades que trazem ao Brasil os mais relevantes criadores e empreendedores japoneses da atualidade nas artes, no design, na moda, na gastronomia, na ciência e na tecnologia. A instituição já recebeu mais de dois milhões de visitantes.

www.japanhouse.jp/saopaulo 


 

Apoio institucional:

Bunkyo - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – fundada em 17 de dezembro de 1955, representa a comunidade nipo-brasileira e promove a preservação e divulgação da cultura japonesa no Brasil e da brasileira no Japão.
Especialmente a Comissão Empresarial e a Comissão de Gastronomia Japonesa do Bunkyo estão apoiando o Movimento Água no Feijão.

http://www.bunkyo.org.br

 

Consulado Geral do Japão em São Paulo - repartição pública do governo japonês que atende as regiões do Triângulo Mineiro e os estados Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo, e é representada pelo cônsul-geral Yasushi Noguchi, desde 2017.

www.sp.br.emb-japan.go.jp

Câmara de Comércio e Indústria Japonesa no Brasil - é uma sociedade civil sem fins lucrativos, representativa da classe empresarial, que visa promover o intercâmbio comercial entre o Brasil e o Japão.

pt.camaradojapao.org.br

 

Escola de Samba Imperador do Ipiranga - escola de samba localizada na região da maior favela paulistana, a comunidade de Heliópolis. Seu fundador, Laerte Toporcov, tinha como objetivo dar lazer às crianças da região.

imperadordoipiranga.com.br

 

Jornal Nippak - Nikkey Shimbun - Jornal Nippak é o jornal mais tradicional em circulação com notícias da comunidade nikkei no Brasil. Nikkei Shimbun é o único jornal publicado em japonês com notícias sobre o Brasil.

www.jnippak.com.br / www.nikkeyshimbun.jp 

 

Patrocínio

 

Fundação Kunito Miyasaka - fundação que tem por finalidade a prestação de assistência de caráter humanitário, educacional, esportivo, cultural e ambiental, voltado à divulgação da cultura e à integração da comunidade japonesa no Brasil.

www.fkm.org.br

 

Café Fazenda Aliança - produtora de café da região Mogiana (SP) com mais de 100 anos de tradição, que sustenta a valorização de seus colaboradores, respeito pela comunidade e preservação dos recursos naturais da região.

cafefazendaalianca.com.br

 

Perfumaria Takeo - rede de perfumarias fundada em 1969 pelo Sr. Takeo Uehara, que hoje comercializa produtos destinados a promover a beleza, bem estar e felicidade das pessoas.

www.takeo.com.br 

JCI Brasil-Japão

CNPJ: 53.832.093/0001-87

Rua São Joaquim, n° 381, 3º andar, sala 32

Liberdade, Cep 01508-900.

©2020 Site criado por JCI Brasil Japão - Movimento Água no Feijão.